sábado, dezembro 03, 2016

Duduzão, em Luís Correia, pode ser a casa do Parnahyba no Piauiense

Batista Filho cita vantagem de usar Duduzão no Piauiense: "Caldeirão".  Com gramado do Pedro Alelaf desgastado, Parnahyba pode mandar jogos no Verdinho ou no estádio de Luís Correia. Campo menor é visto como vantagem.
Duduzão, em Luis Correia, será uma das opções para os jogos do Parnahyba

Visando dias melhores para a região do litoral, o Parnahyba se programa para o início do Campeonato Piauiense de 2017 em fevereiro. Apesar da tabela divulgada pela FFP colocar o Pedro Alelaf como casa do Tubarão no estadual, a diretoria descarta o estádio municipal por conta do gramado desgastado e estuda outras duas opões para mandar seus jogos. Caso o time não consiga autorização para jogar no Verdinho, deve decretar o Duduzão como seu estádio oficial no estadual. E o estádio de Luís Correia tem um fator em sua vantagem na escolha: o formato de "caldeirão", que tornará a pressão da torcida em um trunfo para a equipe.

- Vamos ter uma conversa dia 6 com o Zé Filho para ver se vai haver possibilidade de jogar no Verdinho, principalmente por uma questão do gramado. Caso contrário os jogos do Tubarão devem ser mandados no Duduzão. Um campo bom e gramado bom. Vai virar um caldeirão, por ser menor o campo com a torcida próxima – comentou Batista Filho.

O elenco do Tubarão está praticamente completo, entre peças do grupo que defendeu o time em 2016 e mais algumas contratações indicadas pelo treinador Fernando Tonet.

- O grupo se apresenta dia dois de janeiro. Entre 27 e 29 vamos fazer um peneirão para conseguirmos alguns valores que integrem ao Parnahyba Esporte Clube. Vamos contratar mais um meia e um atacante, fechando o elenco - continuou o presidente.
O Tubarão do litoral estreia no Campeonato Piauiense contra o Comercial-PI, de Campo Maior, no estádio Deusdeth de Melo, às 15h45, no dia 1º. O primeiro jogo em casa será dez dias depois, no dia 11, contra o 4 de Julho às 16h.

Fonte: Globo Esporte | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário