terça-feira, novembro 15, 2016

Raul Seixas, o “Mostro Sist” e o conformismo

O sistema – engenharia social criada pelos mais poderosos – gera seres previsíveis e infelizes, mas conformados: pessoas que praguejam por não terem o melhor emprego, por não receberem os melhores salários, por não comprarem os melhores carros, pelas injustiças... mas é só chegar o final de semana – e seus goles de esquecimento – que tudo fica “globeleza”. Insatisfeitos mas obedientes, aceitam o “silencioso desespero” de suas vidas, como dizia Thoreau.

A Arte é uma dádiva dos Céus para chacoalhar a sociedade quando os integrantes da mesma estão alheios às infinitas possibilidades que a vida proporciona. Raul Seixas (28/07/45-21/08/89) foi um músico que fez da arte uma espada para combater a hipocrisia e transmitir valores de liberdade e coragem.

Com temas irreverentes e profundos e uma ousadia rítmica que unia Xaxado e Rock’N Roll, seu “som” seduziu milhões de fãs. Mais do que palavras bem postas, suas letras inspiravam questionamentos sobre a ordem estabelecida e a busca de um caminho contrário ao do sistema – ou “Mostro Sist”, como dizia.

 “Ouro de Tolo” é uma canção que traduz o espírito contestador do “Maluco Beleza”.  Versos como “Eu é que não me sento no trono de um apartamento com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar” e “Eu tenho uma porção de coisas grandes pra conquistar, e eu não posso ficar aí parado” são um tapa na nuca dos reféns da mesmice e desafiavam até paradigmas: “Porque longe das cercas embandeiradas que separam quintais no cume calmo do meu olho que vê, assenta a sombra sonora de um disco voador”.

Raul Seixas foi um dos raros exemplos de artistas que fizeram do próprio ofício um instrumento para alertar os que, apesar de todo sofrimento, persistem na zona de conforto. É urgente o surgimento de artistas com a coragem e o talento de Raul. Quem sabe assim o algo mais substantivo possa ser feito contra o “Mostro Sist”. 


Autor: João Cássio é jornalista, cantor e compositor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Favor assinar o blog com nome e e-mail.