terça-feira, novembro 22, 2016

Obra da PI-116 parada diminui acesso de turistas única praia de Parnaíba

Obra de R$ 21 milhões para na PI-116 e diminui acesso de turistas em praia. 
Em pelo menos dois trechos, apenas a terraplanagem e nivelamento foram feitos (Foto: Patrícia Andrade/G1)
Rodovia é a única via de acesso à Praia Pedra do Sal, em Parnaíba. Governo diz que resolverá impasse com empresa para retomar os trabalhos.

Uma das mais belas praias do Litoral piauiense tem recebido poucos visitantes e um dos problemas seria o acesso ao local. Uma obra para alargamento da PI-116, que liga a zona urbana de Parnaíba à Praia Pedra do Sal, parou há mais de 20 dias e o que se vê hoje pela estrada é muita poeira. O investimento é de mais de R$ 21 milhões, segundo o Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER-PI).

As obras tiveram início há mais de dois anos, em maio de 2014, e o prazo para conclusão deveria ser de 180 dias. A empresa responsável pelos trabalhos retirou as máquinas e não há mais nenhum operário pela região.


Não há mais máquinas ou operários pela região
(Foto: Patrícia Andrade/G1)
José da Cunha Oliveira, comerciante no local, relatou ao G1 que a praia ficou praticamente esquecida por conta do acesso que não foi concluído. “Não é todo mundo que quer colocar o carro nessa poeira. Além disso, já teve vários acidentes por aqui. O povo só está indo pras praias de Luís Correia”, reclamou.

Paulo Silva, que vende ostras no litoral, também disse que sentiu uma queda brusca no número de frequentadores e, consequentemente, nas suas vendas. “Essa é uma das praias mais bonitas, mas também a mais esquecida, abandonada. Parece que ninguém leva isso aqui a sério”, falou.

A obra estava sendo executada pelo governo do estado através do DER-PI e parou após atraso no repasse de recursos à empresa responsável pelos trabalhos. Pelo menos dois trechos que juntos têm extensão aproximada de seis quilômetros, as máquinas ainda chegaram a fazer o nivelamento e terraplanagem, mas o asfalto não foi colocado.

Em nota, o DER-PI disse que algumas fases contratuais entre o órgão e a empresa responsável ainda não foram concluídas e por conta disso os serviços foram paralisados. O governo não entrou em detalhes sobre o repasse a ser feito e disse apenas que dentro dos próximos dias os trabalhos serão retomados. Nenhum prazo exato foi dado.

O G1 também tentou contato com a empresa Viatec Projetos e Cosntruções LTDA, mas nenhum responsável quis falar com a reportagem.
Pedra do Sal tem aproximadamente oito quilômetros de extensão (Foto: Patrícia Andrade/G1)
A Secretaria de Transportes de Parnaíba disse que apesar de não ter responsabilidade na contratação da obra, tem reforçado a fiscalização com agentes de trânsito, principalmente durante os fins de semana quando o fluxo de veículos tende a aumentar no local.

“A gente torce para que a obra seja concluída e dessa forma melhorar e beneficiar o desenvolvimento na região, principalmente com a chegada das festas de fim de ano”, falou o secretário Neris Júnior.

Orla da praia
Em junho, o governador Wellington Dias, assinou decreto para a urbanização da Orla da Pedra do Sal e a licitação está prevista para dezembro com início dos trabalhos para o próximo ano. O valor da intervenção não foi informado.

Patrícia Andrade/G1 | Edição: Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Favor assinar o blog com nome e e-mail.