quinta-feira, novembro 03, 2016

Juliana discorda de cargos para PMDB: "continuarei sendo oposição"

Deputada Juliana é contra o PMDB ocupe cargos do governo do governo de Wellington Dias (PT).
A deputada estadual Juliana Falcão é uma das poucas lideranças peemedebistas no Piauí que discorda do acordo político para que o PMDB ocupe cargos no governo do Estado. Ela adianta que não participará das negociações com o PT e que não fará parte do governo, pois continuará defendendo seu status de oposição.

De acordo com Juliana Falcão, ela não entrará na conversa por não ter pretensões de entrar no governo. Além disso, a parlamentar garante que se o acordo for fechado, isso não afetará a relação dela com os amigos do partido.

“O partido está vendo essa possibilidade de o PMDB fazer composição com o governo, então sobre isso estamos ainda conversando, mas de antemão eu já digo que eu não entro nessa conversa. Eu sou oposição e não tenho pretensão de ir para o governo, mas os colegas estão vendo o que vai poder ser feito e o que vai ser decidido”, declarou a deputada.

A deputada disse também que continuará defendendo e mantendo sua postura de oposição na Assembleia do Piauí, mesmo se seus pares estiverem no governo. 

“Eu venho de uma oposição já faz um tempo ao PT, então não é em um momento desse que eu vá mudar a minha opinião. A minha opinião é junto com meu povo, e isso foi consultado pelas minhas lideranças e eles não admitem essa ida para o governo e isso é o que a gente está falando, é a voz do povo, e isso eu obedeço piamente”.

Nessa semana a deputada participou de reunião na sede do partido com a bancada federal e estadual, que discutiu justamente a participação do PMDB no governo do Estado. As informações são de que, além dela, somente o vice-presidente da sigla no Piauí, o ex-ministro João Henrique Sousa, não concorda com o arranjo político.


Jornal da Parnaíba com informações de Lyza Freitas/Cidade Verde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Favor assinar o blog com nome e e-mail.