terça-feira, novembro 29, 2016

Com 257 votos, vence a presidência da APAE de Parnaíba Keila Castro

Terminou agora a pouco a apuração dos votos que elegeu a chapa 01 composta por Keila Castro e Rosimeire Bittencourt  para presidir a APAE (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais) de Parnaíba. Com uma vantagem de 40 votos venceu a chapa oponente à atual gestão que era conduzida por Socorro Paula.

Keila Castro e Rosimeire Bittencourt
Apostando na inovação para valorizar os serviços prestados às crianças da instituição, a chapa 01 elencou uma série de propostas, que na maioria delas ressaltava o fortalecimento de parcerias com instituições universitárias, entes públicos e a recuperação do crédito do nome da APAE. De acordo com as denúncias apontadas pela chapa vencedora, a APAE de Parnaíba precisa recuperar a confiança pública e “limpar seu nome”.  
Em 03 anos de gestão como presidente, Socorro Paula que saiu derrotada nos votos, teve atitudes que foram questionadas e denunciadas por pais de crianças atendidas na APAE. No ano 2015 o BTM publicou a denúncia de um pai de aluno atendido na instituição, que se queixava dos cortes de serviços como transporte, o CPA e atendimentos clínicos.

Só após publicada a denuncia, a Presidente resolveu se pronunciar e, negou que as denúncias feitas ao Blog eram reais. Socorro disse à época que os serviços da APAE haviam sido ampliados em sua gestão. Diferente da chapa vencedora, nossa reportagem não teve acesso às propostas da chapa liderada por Socorro Paula.

Procuramos a atual presidente durante toda a semana passada, mas sem muito êxito, em um dos retornos fomos informados por auxiliares de que a candidata estava em observação médica. De lá pra cá ninguém retornou aos nossos pedidos.
Socorro Paula, atual presidente da APA
Keila Castro assumirá a presidência da APAE no dia 01 de janeiro de 2017. Sua vitória significa hoje, uma preferência da maioria dos associados ao apoio do ex-presidente da instituição Themístocles Gomes que foi um dos maiores defensores da chapa vitoriosa. Themistocles ao longo do processo eleitoral denunciou em redes sociais, desvios graves e insinuou que o patrimônio sofreu perdas.

Por outro lado, a atual gestão apontou que o então candidato à presidência e filho de Themistocles Gomes, o advogado Thyago Menezes não estava apto a disputar a presidência. Thyago não concorreu ao cargo, mas apoiou junto com o pai, o nome de Keila Castro que saiu vencedora. 

Na apuração das urnas Keila Castro obteve 257 votos contra 217 de Socorro Paula, expressivos 40 votos de maioria.
  
Themistocles Gomes, o advogado Thyago Menezes
Cá pra nós:
A velha tática de evitar esclarecimentos à sociedade através da imprensa, que cumpre seu dever de informar, prova a cada resultado como esse, que o bom mesmo é encarar as consequências de um cargo público.

Evitar jornalistas e posar ao lado de políticos “poderosos” como se um evitasse o efeito do outro é algo ultrapassado, e a eficácia disso é bem menor do que se espera. O resultado das urnas da APAE prova uma coisa, vence qualquer disputa, quem está com pronto para dialogar e esclarecer dúvidas plantadas ou reais.

Quem não deve não teme, os tempos são outros e cada exemplo vale como lição, um dia aprenderemos. Bons tempos eram os da gestão do saudoso Uchôa a APAE não tinha muros com a sociedade!

Por Tiago Mendes/BTM | Edição: Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Favor assinar o blog com nome e e-mail.