domingo, novembro 27, 2016

Cajueiro Rei foi cortada para dar acesso a terreno particular

Parte de Cajueiro Rei é cortada de forma irregular e polícia é acionada.
Parte do Cajueiro Rei foi cortado no Piauí para fazer estrada pra dar acesso a propriedade particular (Foto: Danilton Nobrega/Arquivo pessoal)
Planta foi cortada para dar acesso a um terreno particular, diz secretário. Árvore é tombada por lei e está localizada em área de domínio da União.

Tombado por lei municipal e localizado em área de domínio da União, o Cajueiro Rei, localizada na cidade de Cajueiro da Praia, teve uma parte de seus galhos cortada de forma irregular. O caso foi denunciado para a Polícia Civil em Parnaíba, no litoral do Piauí, que vai investigar a queixa.
Cajueiro Rei foi no Piauí foi cortado, denuncia prefeitura (Foto: Danilton Nobrega/Arquivo pessoal)
Segundo o secretário de Turismo da cidade, Marcos Cazuza, uma parte da planta foi cortada para que fosse feito um acesso para um terreno particular. “Uma parte da lateral do cajueiro foi cortada, sendo que nenhuma área próxima a planta pode ser construída ou vendida, não se pode fazer qualquer benfeitoria. O proprietário do terreno que fez o corte, que fica próximo ao cajueiro, errou até por tirar uma única galha. Ele não tem autorização da prefeitura para isso”, disse.

Segundo o laboratório de biologia molecular e de estudos de injúrias biológicas (LABMIMBIO) da Uespi, duas medições geográficas comprovaram que a extensão do cajueiro do Piauí é de 8.800 m². Com isso, o estudo afirma que a árvore piauiense é maior do que o Cajueiro de Pirangi, no Rio Grande do Norte, registrado no Guinness Book como maior cajueiro do mundo.
Cajueiro no Piauí quer o título de o maior do mundo. Foto tirada em fevereiro de 2016 (Foto: Reprodução/TV Clube)
Para Marcos Rocha, que trabalha guiando pessoas até o Cajueiro Rei, a depredação contra a planta representa um prejuízo ambiental e econômico. “Fizeram uma estrada com três ou quatro metros de largura ao lado do cajueiro, cortaram bastante. A gente trabalha com turismo ecológico e pregamos a mensagem de preservação e fica complicado falarmos isso para o turista e ele flagrar essa situação no local”, disse.

A prefeitura de Cajueiro da Praia afirmou que vai acionar o Ministério Público do Piauí contra as pessoas que realizaram o corte de parte do Cajueiro Rei. A Secretaria de Patrimônio da União (SPU), órgão ligado ao Ministério do Planejamento, confirmou que toda a área onde está localizado a planta é de domínio da União e que qualquer intervenção no local necessita de autorização dos órgãos responsáveis.

Jornal da Parnaíba com informações de Pedro Santiago/G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Favor assinar o blog com nome e e-mail.