sexta-feira, novembro 04, 2016

Assunto: Denúncia anônima e pedido de socorro


Olá amigo blogueiro

Escrevo esse relato que tem como apelo um pedindo socorro, pois reconhecemos seu papel como comunicador e amigo da população Ao mesmo tempo escrevo com muita indignação pela omissão por parte das autoridades em conter um bandidinho, ladrão, arrombador de casas aqui no conjunto morada da universidade.

Todos os moradores do conjunto morada da universidade estão revoltados, apreensivos e acuados com tamanha impunidade, ele e sua gangue composta por 4 pessoas sendo um deles um mototaxista já invadiram cerca de 15 residências aqui no conjunto, eles invadem as casas de família não se importando com as crianças e mulheres que nela residem.

Em menos de 15 dias ele já invadiu 4 casas no conjunto e com sua gangue fazem uma limpa, diante de tamanha ousadia, em seu último roubo ele colocou uma calcinha juntamente com uma camisinha melada de esperma no quarto da dona de casa, como afronta, chateação é ousadia.

O elemento anda naturalmente pelo conjunto como se nada tivesse acontecido certo de sua impunidade, Ele articula seus roubos em um ponto de mototaxis que fica em frente sua casa onde todos os objetos dos roubos tem caminho e receptadores certo, quando ele não leva para um lavajato no mesmo bairro, ele entrega na casa do mototaxi ou do filho de um dono de terreiro de umbanda que fica também no mesmo bairro.

Todas as informações já foram passadas para a polícia todos os vizinhos já se mobilizaram porém nada foi feito, enquanto isso o elemento passeia livremente pelo conjunto, efetuando roubos e arrombamentos deixando os Moradores apreensivos e inseguros pois ele é certo de sua impunidade.

Ontem ele já fez outro o roubo na rua F, na ocasião fez uma limpa na residência, antes ele arrombou duas casas, tem várias testemunhas que veem o mal elemento agindo mas todos tem medo de o delata-lo devido à tamanha impunidade, pois a polícia sempre o solta. 


A polícia deveria conter e deter esse marginal juntamente com as pessoas que compram seus roubos, a população está descrente de uma solução por meio das autoridades e vão acabar fazendo justiça com as próprias mãos. 

Peço que não divulguem meus dados, nos como cidadãos de bem pais e mães de família, prezamos por nossos filhos, esposos, esposas e parentes, o que queremos é dormir em paz em nossas casas sem termos que ficamos apreensivos desse mal elemento entrar em nossas residências.

Estamos aqui pedindo sua ajuda para tentar sensibilizar as autoridades tomarem alguma providência pois os dias de paz no conjunto morada da universidade acabaram faz tempo. 

Atenciosamente 

Moradores indignados

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Favor assinar o blog com nome e e-mail.