quinta-feira, outubro 27, 2016

Governo institui grupo de trabalho para questões de saúde da Planície Litorânea

A medida tem como estratégia o aprimoramento na gestão no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), em Parnaíba.
Grupo de trabalho para questões de saúde da Planície Litorânea
O governador Wellington Dias autorizou, em reunião, nesta quinta-feira (27), no Palácio de Karnak, publicação de decreto que institui um grupo de trabalho para tratar das questões de saúde de todo o território da Planície Litorânea. A medida visa a maior participação das instituições de ensino, entidades fiscalizadoras e governo municipal e tem como uma das estratégias o auxílio e aprimoramento na gestão no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), em Parnaíba. 

Além disso, o grupo terá um prazo de 60 dias para apresentar o plano de ação voltado para três principais eixos: integração do ensino com o serviço; capacitação de profissionais tanto da rede municipal quanto estadual, no que diz respeito à organização de fluxos e protocolos; e trabalhar a integração do Heda com a rede de atendimento dos territórios de Planície Litorânea e dos Cocais.

Para o governador Wellington Dias, os municípios do Norte do Piauí ganham com formação dos profissionais diretamente nos serviços de saúde e mais qualidade com atendimento integral à população, segundo ele, potencializando o que já existe a partir da integração desses entes.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Francisco Costa, algumas demandas podem ser facilitadas com o apoio dessas entidades. "Com isso, viabilizamos alternativas viáveis, respostas mais rápidas e sabemos que o olhar da academia pode ajudar na assistência e vice-versa, tendo o Heda como hospital-escola para esses futuros profissionais", disse o gestor.

Desde 2015, o Heda vem recebendo melhorias do governo como inauguração da ala pediátrica do hospital e 15 novos leitos comuns de enfermagem, sendo nove de internação e seis de enfermaria canguru, para receber a mãe e o bebê. Como a implantação do novo espaço de atendimento infantil, o Heda vai ampliar o atendimento à população.

Além da ala pediátrica, a população dos 11 municípios que integram a planície litorânea e dos estados vizinhos, Maranhão e Ceará, que é atendida no Heda, passam a contar também com posto de coleta para leite materno e brinquedoteca.

Outros avanços estão em andamento, como as obras de dez leitos para Terapia Intensiva Neonatal (Utin) e mais dez leitos para Cuidados Intermediários Nenonatal (Ucin), ampliação da Casa da Gestante e Centro de Parto Normal (CPN), além da ampliação de leitos de retaguarda.

Por Allana Sousa | Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Favor assinar o blog com nome e e-mail.