sábado, outubro 08, 2016

Derrota de Florentino Neto tem sabor especial para Bernardo Silva e Costa Cruz

Bernardo Silva entrevista o prefeito Florentino Neto
O prefeito petista Florentino Neto nunca foi amigo da imprensa. Ao contrário, demonstrou várias vezes seu descontrole emocional ao apontar dedo e falar de forma agressiva e deselegante para jornalistas de Parnaíba. Bernardo Silva que o diga.

O jornalista foi uma das vitimas da fúria do prefeito petista dentro da Câmara Municipal. Aquele lamentável episódio é falado ainda hoje nos corredores do local, como a forma mais deplorável de autoritarismo de um gestor que se achava mais poderoso que o Barack Obama. Bernardo Silva foi humilhado na frente de uma plateia lotada de petistas e assessores do prefeito do PT. Florentino Neto mostrou ter ódio da imprensa de Parnaíba. Não respeitou os mais de 40 anos de atuação jornalística do então assessor de imprensa da Câmara Municipal. E fez o que fez na frente de todos os vereadores, que ficaram constrangidos pela forma covarde e sorrateira com que agiu o petista.
Rafael Costa Cruz tem uma coluna política no Tribuna de Parnaíba
Em outra ocasião, o jovem articulista político do portal Tribuna de Parnaíba, Costa Cruz, quando realizava o seu trabalho foi massacrado verbalmente pelo prefeito Florentino Neto na convenção do PT e partidos aliados, sob o olhar de centenas de petistas e aliados, uma das cenas mais deprimentes da história da imprensa em Parnaíba. Por pouco, Costa Cruz escapou de ser agredido fisicamente. Para os dois representantes da imprensa, a derrota do petista Florentino Neto é a certeza de que Parnaíba se livra de um dos piores e mais despreparados gestores que a cidade já teve. Sem mandato e sem poder, o petista Florentino Neto não fará mais nenhum mal aos representantes da imprensa. A era de apontar dedo para a cara de repórter em Parnaíba acabou.

Da redação do Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Favor assinar o blog com nome e e-mail.