terça-feira, setembro 20, 2016

Semana do Farmacêutico nas cidades de Parnaíba, Floriano e Teresina

Em Parnaíba, dia 22 será realizado evento "Farmacêuticos em Ação" na Praça da Graça e palestras no auditório do SENAI.


Dia 25 de setembro é comemorado o Dia Internacional do Farmacêutico. Para marcar a data, o Conselho Federal de Farmácia e conselhos regionais promovem a "Semana do Farmacêutico", com ações informativas e oferta de serviços farmacêuticos básicos, como aferição de pressão e teste glicêmico, em todas as capitais do país. Em Teresina, o Conselho Regional de Farmácia elaborou uma programação que inclui as cidades de Parnaíba, Floriano e Teresina.

Serão oferecidas palestras nas cidades de Parnaíba, dia 22, no auditório do SENAI, e Teresina, dia 23, no auditório do CRF, com entrada gratuita para farmacêuticos e estudantes de Farmácia. Como palestrante, a paulista Margarete Akemi Kishi, especialista em fitoterápicos. Também serão realizadas as ações "Farmacêuticos em Ação", em praças das três cidades participantes da campanha, sempre das 08h às 11h. Em Parnaíba, dia 22 (Praça da Graça), em Teresina (Praça Rio Branco) e Floriano (Praça Sebastião Martins), dia 24.

As ações que acontecerão nas praças visam informar a população sobre automedicação, descarte adequado de medicamentos e informações sobre o mosquito Aedes Aegypti, que transmite dengue, zika e chikungunya.

A campanha “Farmacêuticos em Ação – todos contra o Aedes Aegypti” tem como objetivo, transformar cada farmacêutico em um agente de combate ao mosquito e cada farmácia em um posto avançado contra o mosquito Aedes aegypti. Desenvolvida pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF), conselhos regionais, faculdades de Farmácia e entidades parceiras, além do apelo institucional, a campanha quer intensificar a participação da população como agente preventivo. 

Como a ação é contínua, mesmo após a Semana do Farmacêutico, farmácias, profissionais e estudantes estão sendo orientados a se mobilizar e contribuir com a prevenção e controle das três doenças relacionadas ao Aedes aegypti. Os farmacêuticos podem, além de oferecer a orientação correta aos pacientes, identificar pessoas com sinais e sintomas sugestivos, encaminhando os casos suspeitos, prescrevendo terapias adequadas, quando pertinente, e acompanhando pacientes em tratamento. Ações como estas que podem ser potencializadas com a adesão das farmácias.

Rodrigues completa, afirmando que, "a proposta é que farmacêuticos, estudantes de Farmácia e entidades ligadas à profissão busquem promover ou pelo menos participar de ações em locais públicos voltadas ao combate da dengue, da chikungunya e zika. Vamos todos às ruas informar a população contra o mosquito”.
Para o presidente do CRF, Ítalo Rodrigues, "será uma ocasião tanto para os farmacêuticos celebrarem os avanços da profissão como para reafirmarem, à sociedade, a importância da atuação profissional", explica.

Da redação do Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Favor assinar o blog com nome e e-mail.