segunda-feira, setembro 12, 2016

Miss Luís Correia critica júri do Miss Piauí e aponta 'mudança' nas regras

Nelito Marques responde às críticas 
Miss Luís Correia Danielly Braga desabafa após escolha da mais bela mulher piauiense.
Os dias que sucedem o Miss Piauí geralmente são recheados de polêmicas, e neste ano o enredo segue sem muita alteração. Se ontem se noticiava a insatisfação da Miss Novo Oriente Loysa Vasconcelos, fazendo duras acusações e afirmando ser o concurso uma farsa, agora é a Miss Luís Correia Danielly Braga quem desabafa. Além de criticar a coordenação do Miss Piauí, ela diz que as misses não tiveram assistência nas refeições durante o confinamento, e que diversas regras foram alteradas ao longo do concurso para a escolha da mais bela mulher do Estado.

Danielly relatou ter suportado gritos do coordenador do concurso Nelito Marques, e lamentou mudanças repentinas nas regras. Ela contou que no dia do Miss, almoçaram às 13h, e depois disso nada receberam de alimentação até o final do evento, que aconteceu no Teatro de Setembro, encerrando pouco depois da meia noite.

Outra queixa da Miss Luís Correia, que segundo ela é compartilhada por outras candidatas, é com relação à presença de uma das integrantes da direção do concurso entre os jurados. Danielly se refere a Marinna Lima, Miss Piauí 2008. "Não acho correto uma jurada sair com candidatas para almoçar, ou jantar, como ela fez antes da final do concurso com a Yanca [Piripiri] e a Lara [Floriano]", disse.

Sobre o assunto, Marinna Lima disse que não saiu apenas com as duas, e teve agenda com outras candidatas. Em relação à participação no júri, ela explica que de toda forma, um dos membros da coordenação comporia a mesa. "Sempre quando tem concurso, tem repercussão do resultado, que não agrada a todos. É difícil aceitar a derrota. Mas tive uma boa relação com todas. Fui escolhida pelo Nelito para compor o júri. E em relação ao fato de dizerem que o resultado teve a ver com política, é importante ressaltar que a deputada Iracema Portela não votou, estava como presidente do júri, e só teria direito a voto em caso de empate", afirmou.

A reportagem também ouviu Nelito Marques, que coordena o Miss Piauí. Ele explica que este ano, justamente para evitar ser novamente acusado de interferir no resultado, decidiu se afastar das candidatas, elegendo uma diretoria que teria maior contato com as misses. Falando da alimentação das misses no dia do concurso, ele disse não julgar como algo grave. Sobre gritos com candidatas, ele afirma que a situação é natural dos bastidores.

“Já fiz TV nacional e vi a cantora Ângela Maria pegar um ‘cagaço’ porque chegou atrasada. Imagine, a Ângela Maria... mas foi nos bastidores, no palco ela era anunciada como rainha. É assim na coxia”, explicou Nelito, afirmando ainda que, mesmo irregular, a Miss Luís Correia permaneceu na competição pela coroa. Danielly tem tatuagens pelo corpo, o que não é admitido no Miss Brasil, em casos “extravagantes”.
Nelito Marques durante o desfile do concurso do Miss Piauí 2016
“Se estava irregular, porque não me desclassificou? Ele sabia desde o primeiro ensaio, e me comprometi a contratar um maquiador para esconder as minhas tatuagens”, disse Danielly.

Em relação ao júri, Nelito disse que teve todo cuidado em evitar parentesco entre os jurados e as candidatas, e que o resultado não estava a seu alcance. Ele admitiu até mesmo ter considerado que o júri foi exigente com a Miss Novo Oriente, candidata que ele considerava forte na disputa. “É claro que o jurado vai ter preferência, se não tivesse, não haveria resultado, daria empate. Confio no júri que escolhi e no resultado que eles apontaram, e aplaudo todos eles, mas não deixo de dizer que os considerei rígidos com a miss Loysa”, afirmou.
Finalista do Miss Piauí 2016
O coordenador comentou ainda sobre “mudanças” nas regras para algumas votações. “Uma das misses vendeu mais de 130 ingressos, se eu deixasse o público escolher uma finalista, eu estaria sendo injusto, diante do tamanho das torcidas presentes no teatro. Tanto que na escolha do vestido, ganhou a maior torcida, a da Lara. Meu voto mesmo seria inclusive para o vestido da Miss Teresina, uma obra de arte assinada por Ostiano Machado, e mesmo assim não teve aplausos”, justifica Nelito, lamentando ainda que sempre após os concursos, as polêmicas em torno do resultado são recorrentes.

O Miss Piauí, que aconteceu no último sábado (10/09), elegeu a estudante Lara Lobo como a mais bela mulher do Estado. Em segundo lugar ficou a Miss Castelo do Piauí Pietra Aguiar. Ambas vão representar o Piauí nacionalmente, sendo Lara nosso nome no Miss Brasil, e Pietra, a Miss Mundo Piauí, que nos representará no Miss Mundo Brasil. 
O vestido usado pela Miss Teresina foi uma criação de Ostiano Machado
Por Apoliana Oliveira /180graus | Edição: Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Favor assinar o blog com nome e e-mail.