sexta-feira, setembro 16, 2016

Leitura Objetiva

Lagoa do Portinho, antes mesmo de secar a estrada já estava interrompida pelas dunas que deixaram de remover como era feito antes para que a estrada nao ficasse interditada. (Foto: Walter Fontenele)
Não me deixem só
O candidato que era considerado eleito antes de começar a campanha eleitoral em Parnaíba está em queda livre vertiginosamente e o paraquedas insiste em não abrir. Já apelaram para o governador e até ex-prefeito, mas nada tem dado resultado. Se continuar assim pode chegar no dia 2 de outubro amargando a terceira ou até mesmo a última colocação. Na última reunião, dizem que ele bateu na mesa e disse: “Não me deixem só!”.  ”Cunversa!”.

Falem de mim, mas falem!
Tem um vereador da oposição que vem sendo perseguido, mas o homem é duro na queda. Quanto mais batem no homem mais ele cresce no gosto da população.  Provavelmente seus perseguidores desconhecem a máxima, “falem bem ou mal, mas falem de mim!”.

Depois que secou?
Equipe técnica da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar) esteve em reunião, nessa quinta-feira (15), com o prefeito de Parnaíba, Florentino Neto, para discutir ações a serem executadas para revitalização da Lagoa do Portinho, manancial costeiro localizado entre os municípios de Parnaíba e Luís Correia. Depois que a lagoa secou o poder público acordou, foi?

Servidores querem data para salários
Na próxima quinta-feira (22), os servidores municipais da educação em Parnaíba irão realizar uma grande paralisação contra a administração do prefeito de Parnaíba, Florentino Neto (PT). A principal reivindicação dos profissionais é a definição de uma data fixa para o recebimento dos salários. Oxente! E no debate o prefeito não afirmou que estava tudo em dias, não havia atraso? Quer dizer que era lorota, é?

Violência banalizada
Em Parnaíba a violência está banalizada. Todos os dias ao amanhecer as conversas entre vizinhos é procurar saber o que aconteceu durante a noite. Relatos de tiroteios, gente baleada ou perfuradas de facas, gente encontrada morta em matagais, motos e objetos pessoais roubados ou assaltados. É a banalização do crime.

Perdoai senhor, ele não sabe o que diz.
Quando alguém fala que Lula não estudou, dizem que é preconceito, mas vejam isso: “O político, por mais ladrão que seja, todo ano tem que enfrentar o povo, sair na rua e pedir voto. O funcionário público não. Ele faz concurso e fica lá, com o cargo garantido, tranquilo”, (Lula)

Lula X Lava Jato
Em quem você acredita no Lula ou nos procuradores? Em quem você aposta nas graves acusações dos procuradores ou na retórica de Lula? E agora? (Tomaz Teixeira)

O bla, bla, bla de Lula
Agora virou moda, toda vez que se denuncia alguém do PT vem logo o discurso de que é perseguição política, que querem tirar o Lula da disputa de 2018, bla, bla, bla. Será que tem alguém de bom nível intelectual que aceite os argumentos de Lula em favor dessa corrupção vergonhosa vivida hoje em nosso país?

Quem está com a verdade?
Depois da entrevista de Deltan Dallagnol e do discurso do Lula eu fiquem em duvida quanto a quem realmente está falando a verdade. Todos os presos sempre fazem o mesmo discurso que o Lula usou “Eu sou inocente!”. Já os delegados dizem que não. E ai? Que tem razão, o delegado ou o preso? Melhor esperar pelo juiz, né? No caso o Sergio Moro.

Lula X Jesus Cristo
Falando de honestidade, Lula diz que só perde para Jesus Cristo, blasfemou ele nesta quinta-feira (15). Como Jesus Cristo não será candidato... Nesse caso o Lula já está eleito. É muita honestidade!

As provas contra Lula
Nesta quinta-feira (15) o ex-presidente Lula falou por mais de duas horas ao vivo na Globo News, mas em nenhum momento mostrou provas que desmintam os procuradores que por sua vez mostraram provas irrefutáveis. Vai ver ele está guardando as provas para somente mostrar em juízo, no caso o Sergio Moro.

Mediunidade
O Porto das Barcas receberá no dia 17/09, a Feira do Livro Espírita. Na programação do evento haverá também, apresentações artísticas e a palestra “Vivência Mediúnica na obra de André Luiz”, com o lançamento do livro de mesmo nome, de autoria de Jacobson Trovão, coordenador nacional da Área de Mediunidade da FEB.

Por José Wilson | Jornal da Parnaiba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Favor assinar o blog com nome e e-mail.