quarta-feira, setembro 14, 2016

Impasse judicial deixa o Campeonato Piauiense 2016 sem campeão

Parnahyba sustenta Caso Rogério e vê desfecho na Justiça com saída de time. À espera de novo julgamento, Tubarão garante manter argumento para eliminação do River-PI no Piauiense, mas não crê em sequência do torneio por falta de jogadores.

Parnahyba questiona no TJD-PI escalação de Rogério
 em vitória do River-PI no Piauiense 2016
(Foto: Joana D'arc Cardoso).
Com um impasse judicial, o Campeonato Piauiense 2016 segue sem desfecho, e os R$100 mil referentes ao título ainda não foram destinados ao time campeão. A ação movida pelo Parnahyba alegando a suposta irregularidade do volante Rogério, do River-PI, na semifinal do returno do estadual, tramita no Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI) e pode entrar em pauta ainda esta semana. Contudo, a demora para o novo julgamento fez a membros do clube do litoral readequarem o tom das declarações sobre o caso. Diretor de futebol do Tubarão, José Paulo disse crer no fim do processo apenas na esfera jurídica e não mais esportiva por conta dos desmanches de elenco dos clubes envolvidos diretamente com o julgamento. Caso o TJD-PI considere válida a ação azulina, uma nova final do returno teria que ser refeita, desta vez entre Parnahyba e Altos. O vencedor enfrentaria o River-PI, campeão do turno, na grande decisão. 

- É muito complicada essa questão. Acho que o campeonato não vai ser resolvido dentro das quatro linhas. As três equipes envolvidas estão desmontadas e sem condições de remontar. O Parnahyba dentro da sua razão entrou com essa ação, e nós vamos até o STJD se necessário. Inicialmente vamos esperar o posicionamento do TJD-PI e depois pensar no que fazer – destacou José Paulo. 

O Parnahyba pede a punição do River-PI por escalação irregular do volante Rogério, em jogo disputado no Pedro Alelaf, semifinal do returno do Campeonato Piauiense, vencida pelo Galo por 1 a 0. Na denúncia, o Azulino cita que o jogador tricolor deveria ter cumprido suspensão automática nessa partida por ter acumulado três cartões amarelos. 
Tubarão promete levar ação ao STJD (Foto: Josiel Martins)
Representante jurídico do Parnahyba, o advogado Miguel Bezerra garante que, em defesa, o clube vai manter o posicionamento em relação ao caso.

- Nossa defesa é a mesma dos demais julgamentos. O nosso entendimento é de que o jogador Rogério entrou de forma irregular. Nós ainda não fomos notificados sobre a data do julgamento. O andamento do processo vai depender da reunião com o clube. 
Após posse de novo presidente, TJD-PI deve julgar Caso Rogério (Foto: Wenner Tito)
Fonte: Globo esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Favor assinar o blog com nome e e-mail.