quarta-feira, agosto 17, 2016

Toma posse em Parnaíba nova superintendente do Patrimônio da União no Piauí

Empossada a nova Superintendente do Patrimônio da União do Piauí; Advogada Alinne Gibson vai substituir gestora que estava há 11 anos no cargo.
 Nova Superintendente do Patrimônio da União do Estado do Piauí, a advogada Alinne Gibson.
Foi empossada na manhã desta quarta-feira (17/08), em Parnaíba, litoral do Piauí, a nova superintendente do Patrimônio da União do Estado, a advogada Alinne Castelo Branco Gibson. A gestora foi indicada pelo deputado federal Heráclito Fortes (PSB) e irá substituir Ana Célia Coelho, que estava no cargo desde 2005.

“Estamos chegando com o objetivo de dar celeridade a todas as demandas da SPU em nosso estado. Inclusive, na próxima segunda-feira já estaremos participando de uma reunião em Teresina, visando aproximar o contato com a sede da capital e ficarmos ciente das demandas de lá”, informou a nova superintendente, a advogada Alinne Gibson. 
Sede da SPU Piauí, em Parnaíba
A posse da nova superintendente aconteceu na sede da SPU Piauí, localizada no centro de Parnaíba. A gestora informou ainda que estará aberta ao diálogo, principalmente para resolver um das principais demandas da superintendência no estado: o aumento da taxa de ocupação em território da união. Fato que gerou recentemente um grande atrito com os empresários do litoral piauiense.

“Nós temos sempre os limites legais. Acredito que o problema não seja a falta de diálogo dentro do órgão, mas sim a estrita aplicação da lei. E isso acaba gerando um conflito de interesses de quem acaba se sentindo prejudicado de alguma forma. Mas até onde tenho conhecimento, os valores que foram aplicados estão todos previstos em lei”, concluiu Alinne Gibson.
Através da Superintendência do Patrimônio da União, o cidadão pode requerer para um imóvel o aforamento, averbação de transferência, inscrição de ocupação, isenção de pagamento de taxas de ocupação ou foro, permissão de uso, regularização de aterro com compra do domínio útil, remição do aforamento, revigoração do aforamento, revisão, unificação ou desmembramento ou fracionamento, dentre outros serviços.

Por Kairo Amaral \Fotos: João Júnior / Rede Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Favor assinar o blog com nome e e-mail.