domingo, agosto 28, 2016

Parnaíba na lista dos municípios com pouca eficiência na aplicação de recursos públicos

Somente duas em dez cidades do Piauí aplicam bem os recursos públicos.
Somente 42 dos 224 municípios do Piauí (18,75% ou dois em dez) são eficientes na aplicação dos recursos, segundo o Ranking de Eficiência dos Municípios criado pelo jornal Folha de São Paulo.

O índice da Folha leva em consideração a aplicação de recursos públicos para as áreas de saúde, educação e saneamento.

A segunda maior cidade do Piauí, Parnaíba, não está na lista (150 mil moradores, IDH de 0,687) está na lista dos municípios com pouca eficiência na aplicação de recursos públicos, ocupando um distante 2.792º lugar.

Surpreendentemente, o município de Nossa Senhora dos Remédios (8.491 habitantes, 171 km de Teresina) é a cidade que, segundo os critérios adotados pelo ranking, melhor aplica recursos no Piauí. Nossa Senhora dos Remédios costuma frequentar listas negativas, como um dos menores IDHs do país – 0.533 em 2010, segundo o IBGE.

A lista de municípios piauienses sem qualquer eficiência na aplicação de recursos públicos tem 31 cidades, entre as quais aquela que é a maior produtora de grãos do Estado, Baixa Grande do Ribeiro, que está em 4.648º lugar e Cocal dos Alves (4.652º lugar), a cidade dos campeões de matemática.

Na lista de municípios com pouca eficiência na gestão dos recursos públicos, aparecem Vila Nova do Piauí (3.361º lugar), cujo prefeito, Arinaldo Leal, é o presidente da Associação Piauiense de Municípios.

O ranking somente não é completo porque foram deixadas de fora nove cidades piauienses: Bom Princípio do Piauí, Fartura do Piauí, Lagoa Alegre do Piauí, Pau D’Arco do Piauí, Prata do Piauí, São José do Piauí, São Miguel da Baixa Grande, Socorro do Piauí e Uruçuí.

Municípios do Piauí eficientes segundo o ranking da Folha.
Nossa Senhora dos Remédios (191º lugar), Ipiranga (235º), Água Branca (263ª), Demerval Lobão (278º), Picos (370º), Manoel Emídio (440º), Campo Maior (467º), São José do Divino (472º), Buriti dos Montes (502º), Marcos Parente (513º), Landri Sales (565º). Castelo do Piauí (586º), São Gonçalo do Piauí (597º), Santa Cruz dos Milagres (670º), Colônia do Piauí (748º), Madeiro (816º), Teresina (818º), Barra D’Alcântara (825º), Antônio Almeida (831º), Barro Duro (859º), Aroazes (919º), Francisco Santos (920º), Matias Olímpio (292º), Beneditinos (930º), Boa Hora (979º), São Pedro do Piauí (984º), Angical do Piauí (1.026º), Juazeiro do Piauí (1.048º), Palmeirais (1.050º), Valença do Piauí (1.054º), Inhuma (1.134º), Monsenhor Gil (1.137º), São João do Piauí (1.157º), São Julião (1.174º), Várzea Grande (1.183º), Sigifredo Pacheco (1.186º), Porto (1.194º), Dom Expedito Lopes (1.198º), Colônia do Piauí (1.217º), Novo Oriente (1.263º), Hugo Napoleão (1.308º) e Curimatá (1.310º).

Municípios com alguma eficiência
Guadalupe (1.333º), Oeiras (1.364º), Jerumenha (1.371º), Paulistana (1.390º), Elesbão Veloso (1.413º), Floriano (1.459º), São João do Arraial (1.465º), Tanque do Piauí (1.47º), Alegrete do Piauí (1.487º), São João da Varjota (1.495º), Ilha Grande (1.502º), Milton Brandão (1.520º), Francisco Ayres (1.526º), Agricolândia (1.528º), Simplício Mendes (1.538º), Rio Grande do Piauí (1.560º), Santana do Piauí (1.582º), Morro do Chapéu do Piauí (1.592º), Batalha (1.595º), Passagem Franca do Piauí (1.607º), Boqueirão do Piauí (1.617º), Piracuruca (1.619º), Redenção do Gurgueia (1.628º), Capitão de Campos (1.674º), Alvorada do Gurgueia (1.677º), Canavieira (1.696º), São Félix do Piauí (1.705º), Bom Jesus (1.784º), Francinópolis (1.804º), Cabeceiras (1.811º), Campinas do Piauí (1.829º), Regeneração (1.831º), Santa Luz (1.852º), Esperantina (1.862º), Cajazeiras do Piauí (1.942º), União (2.009º), Lagoinha do Piauí (2.013º), Santa Rosa do Piauí (2.024º), Assunção do Piauí (2.041º), Amarante (2.044º), Arraial (2.058º), Piripiri (2.094º), Cristino Castro (2.100º), José de Freitas (2.133º), Pimenteiras (2.207º), Belém do Piauí (2.218º), Ribeira do Piauí (2.284º), Nazária (2.286º), Riacho Frio (2.292º), Jacobina do Piauí (2.340º), Flores do Piauí (2.429º), Murici dos Portelas (2.447º), São Raimundo Nonato (2.429º), Caraúbas do Piauí (2.469º), São Miguel do Tapuio (2.506º), Simões (2.534º), São Francisco do Piauí (2.545º), Fronteiras (2.547º), Lagoa do Piauí (2.565º), Cocal de Telha (2.570º), Joca Marques (2.581º), Buriti dos Lopes (2.584º), Altos (2.588º), Anísio de Abreu (2.590º), Alagoinha do Piauí (2.613º), Pedro II (2.617º), Barras (2.623º), São Miguel do Fidalgo (2.631º).

Municípios com pouca eficiência
Sussuapara (2.669º), Itaueira (2.675º), Guaribas (2.682º), Isaías Coelho (2.699º), São José do Peixe (2.705º), Nossa Senhora de Nazaré (2.761º), Campo Grande do Piauí (2.781º), Parnaíba (2.792º), Alto Longá (2.793º), Nazaré do Piauí (2.816º), Campo Largo do Piauí (2.846º), Ribeiro Gonçalves (2.851º), Marcolândia (2.853º), Padre Marcos (2.900º), Avelino Lopes (2.939º), São João da Fronteira (2.984º), Lagoa do São Francisco (2.984º), Cajueiro da Praia (2.992º), Jurema (3.018º), Coivaras (3.021º), Santo Inácio do Piauí (3.045º), Brasileira (3.057º), Eliseu Martins (3.080º), Caldeirão Grande do Piauí (3.082º), Caridade do Piauí (3.094º), Conceição do Canindé (3.098º), Francisco Macedo (3.123º), Santa Cruz do Piauí (3.133º), Jardim do Mulato (3.159º), Luís Correia (3.179º), Jatobá do Piauí (3.197º), Santo Antônio dos Milagres (3.230º), Monsenhor Hipólito (3.241º), Floresta do Piauí (3.286º), Canto do Buriti (3.301º), Curralinhos (3.303º), Caracol (3.320º), Capitão Gervásio Oliveira (3.323º), Novo Santo Antônio (3.343º), Porto Alegre do Piauí (3.356º), Sebastião Leal (3.358º), São Braz do Piauí (3.360º), Vila Nova do Piauí (3.361º), Corrente (3.367º), Parnaguá (3.373º), Monte Alegre do Piauí (3.418º), Paes Landim (3.437º), Wall Ferraz (3.495º), Bela Vista do Piauí (3.519º), Olho D’Água do Piauí (3.521º), Coronel José Dias (3.545º), Miguel Alves (3.548º), São João da Canabrava (3.610º), Geminiano (3.631º), Campo Alegre do Fidalgo (3.719º), Lagoa do Sítio (3.726º), Joaquim Pires (3.728º), Patos do Piauí (3.745º), Dirceu Arcoverde (3.784º), Gilbués (3.805º), Itainópolis (3.824º), Cristalândia (3.837º), Miguel Leão (3.850º), Caxingó (3.897º), Pedro Laurentino (3.921º), Curral Novo do Piauí (3.952º).

Municípios ineficientes na aplicação de recursos
Taboril do Piauí (3.974º), Sebastião Barros (3.995º), Domingos Mourão (4.025º), Pio IX (4.042), Nova Santa Rita (4.056º), João Costa (4.067º), Barreiras do Piauí (4.079º), São Lourenço do Piauí (4.086º), Várzea Branca (4.157º), Currais (4.196º), Pajeú do Piauí (4.274º), Bocaina (4.295º), São Francisco de Assis do Piauí (4.353º), São Luís do Piauí (4.381º), Aroeiras do Itaim (4.435º), Palmeira do Piauí (4.473º), Bonfim do Piauí (4.476º), Jaicós (4.485º), Morro Cabeça no Tempo (4.526º), Massapê do Piauí (4.542º), Vera Mendes (4.557º), Pavussu (4.589º), Júlio Borges (4.590º), Baixa Grande do Ribeiro (4.648º), Cocal dos Alves (4.652º), Acauã (4.830º), Cocal (4.847º), Brejo do Piauí (4.913º), Dom Inocêncio (5.007º), Santa Filomena (5.046º), Queimada Nova (5.069º).

Por Cláudio Barros / Jogando na Cara

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Favor assinar o blog com nome e e-mail.