terça-feira, maio 10, 2016

Homem confessa participação no latrocínio do frentista

Suspeito de envolvimento no latrocínio de frentista confessa colaboração no crime.



Flávio Kleber Siqueira da Silva, acusado de
participação no latrocínio do frentista.

A qualquer momento pode sair o mandado de prisão em desfavor de Flávio Kleber Siqueira da Silva, 27 anos, acusado de participação na morte do frentista Francisco José Rodrigues, 41 anos, que reconhecido e preso pela Polícia Civil. No entanto, foi posto em liberdade por, naquele momento, não haver um mandado de prisão. Fato ocorrido na última quinta-feira (05/05). A Polícia Civil foi até a casa do mesmo na Avenida Senador Furtado, no Bairro Nova Parnaíba, após uma denúncia anônima de que Flávio Kleber teria tido participação no crime.

Na oportunidade, os policiais civis apreenderam uma moto Honda/CG 160 Titan, de cor preta, sem emplacamento ainda, de propriedade do acusado e que, a polícia acredita, teria sido comprada com o dinheiro do latrocínio.  Segundo a polícia, Flávio relatou que o assassino de Francisco Rodrigues deixou uma moto Honda/Pop de cor branca em sua casa e seguiu para realizar o assalto, que acabou evoluindo para um crime mais grave.

 O assassino já identificado, vinha na garupa da moto, que era conduzida por outra pessoa. Logo após o latrocínio, Flávio Kleber Siqueira da Silva que adentrou o lojão mesquita Variedades e foi até o corpo para visualizar Francisco morto. A Polícia já está de posse dos mandados de prisão da dupla envolvida diretamente no latrocínio e a qualquer momento terá o de Flávio Kleber.


Por Daniel Santos/PCN
Postar um comentário